domingo, 18 de maio de 2008

Só sei do passado

O futuro não existe, o presente eu não conheço, só sei do passado.

Introdução:

 

O tempo: por convenção, é algo contínuo e unidirecional, ou seja, ele só vai pra frente e não para.

O presente: É o exato momento na linha do tempo em que nós estamos, pense no presente como algo puntiforme, um ponto sem nenhum tamanho, beirando o vazio, o inexistente, pois como o tempo não para, é impossível definir um exato momento estático do presente, esse momento deve ser tão pequeno que quase some.

O passado: É toda extensão do tempo que se encontra atrás desse ponto do presente.

O futuro: É toda extensão do tempo que se encontra em potencial, repito, em potencial depois do ponto do presente.


Imagem Pas.Pre.Fut.
              

Filosofando:

 

Sendo assim, ninguém conhece o presente, pois ele está sendo vivido agora, só depois do presente passar, quando ele virar passado, é que teremos conhecimento dele, ou seja, o presente ninguém conhece só conhecemos o passado.

- Ah tá, entendi, mas Bruno, por que você diz que o futuro não existe, estou ficando preocupado.

Calma, vou explicar:

Bem, de fato o futuro não existe, como me referi na introdução ele é algo potencial, ou seja, está para existir; tudo que você pensa que virá no futuro, como por exemplo, jogar uma bola pra cima, você sabe que ela vai voltar, mas isso porquê você já viu acontecendo antes, não é certeza que a bola vai voltar é tudo especulação, tudo cálculo e tudo baseado no passado.

Concluindo:


Por fim podemos dizer que:

O futuro não existe, o presente eu não conheço, só sei do passado.


                                                   
Texto retirado da cabeça do Bruno.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

É normal ser NORMAL ?

Desrespeito onibus

Normal pode ser definido como aquilo que não é diferente, que é regular, corriqueiro.

Normal também é algo relativo e tem relação com o espaço e tempo.

Contextualizando: O que é normal hoje?

Onde vivo e na época que vivo normal é tirar vantagem o máximo possível em qualquer situação, como entrar na frente de todo mundo pra pegar um ônibus, ignorando a fila, mentir para clientes e dizer sempre que seu produto ou serviço é o melhor, ignorar os que precisam de atenção, não ter tempo, ficar estressado, comer mal, nunca se divertir, aliás, isso é perda de tempo.

Será que eu quero ser normal? Será que é normal ser normal?

Eu acho tudo isso doentio e uma banalização da vida.

Então anormal é ser educado, respeitar os outros, ser verdadeiro, esperar na fila, dividir, jogar o lixo no lixo, etc.

Sendo assim, quero ser ANORMAL.