segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Timidez

Do latim timere, ter medo.

Existem algumas explicações para definir a origem da timidez nas pessoas, mas uma delas me chamou muita atenção e é a motivação desse texto.

timidez

Ter medo. Mas ter medo do quê? E por quê?

Segundo Susan Cain, a autora do livro O poder dos Quietos¹, diz, um tímido é tímido por que tem alta sensibilidade aos acontecimentos externos, ou seja, percebe os eventos de forma sensorialmente potencializada. Nesse estudo foi feito um teste com bebês que mostrou um incômodo maior de alguns a estímulos sensoriais, como luz ou sons.

Essas crianças tem grande chance de se tornarem tímidas, pois tendem a se isolar, evitando contado com sensações que lhe causam maior incômodo.

Da mesma forma como essa alta sensibilidade causou um relativo prejuízo social, também traz benefícios ao tímido, como uma maior atenção, criatividade, percepção, altruísmo, empatia…

Enfim, não quero puxar a sardinha pro meu lado, afinal até pouco tempo atrás ser tímido quase não tinha vantagens, hoje a sociedade é bem mais tolerante e o espaço para pessoas com essa personalidade são enormes.

Quando você conhecer um tímido, não o assuste, seja cauteloso, a pior atitude é força-lo a se socializar.

Psicólogos me perdoem por qualquer gafe.

 

1 – Colaboração bibliográfica da leitora Andréa

http://opoderdosquietos.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário